Zimmer
Smith & Nephew
Joelho
Quadril
Ombro
Trauma
Equipamentos
Tecnologia
Não Definido
Acessórios
Aparadores
Bancos
Banquetas
Cabideiros
Cadeiras
Luminárias
Mesas
Poltronas
Produtos Importados
Puffs
Sofás
Código de ética

Introdução:

WM WORLD MEDICAL IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA. está comprometida com a condução de negócios de forma ética, honesta, íntegra e de acordo com a lei. Êste Código de conduta estabelece políticas e procedimentos que visam orientar funcionários, diretores e administradores quanto à realização das suas tarefas e responsabilidades para garantir o cumprimento do compromisso da empresa.

Compromisso:

 

Nossas atividades estão voltadas para que os pacientes recuperem qualidade de vida, através da implantação de dispositivos médicos da mais alta qualidade e inovadores.

Atuamos objetivando a liderança no setor, prestando serviços de valor aos profissionais de saúde e seus pacientes sem, contudo, nos afastar de nossa responsabilidade social.

Implementamos práticas de boa governança corporativa, alicerçadas na transparência e sustentabilidade.

Políticas básicas:

 

  1. Cumprimento das leis. A empresa realizará negócios e operações de acordo com todas as leis, regulamentos e normas em vigor e observará todos os seus elevados padrões de ética.

  2. Ambiente de trabalho. A empresa deverá manter um ambiente de trabalho seguro e livre de drogas, bem como isento de quaisquer tipos de discriminação e assédio com base em raça, cor, credo, religião, sexo, idade, incapacidade, nacionalidade, ascendência, cidadania, serviço nas forças armadas, estado civil ou situação militar, orientação sexual ou quaisquer outros fatores intoleráveis.

  3. Importação e Venda de produtos. A empresa está comprometida com a importação e venda de produtos das marcas Zimmer, Smith & Nephew e Pyng Medical que sejam seguros e eficientes. Os fabricantes cumprem padrões que atendem ou excedem as normas promulgadas pela Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA, Food and Drug Administration) ou as leis e normas do país onde ocorra o desenvolvimento e fabricação de dispositivos médicos e outros produtos. No âmbito nacional, a empresa se compromete a seguir estritamente o conjunto de leis estabelecido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa, comercializando produtos  devidamente registrados junto ao Ministério da Saúde, garantindo a eficácia e utilização dos dispositivos médicos e promovendo a melhoria da saúde dos pacientes.

  4. Práticas competitivas. As práticas comerciais da empresa se conduzirão através de princípios éticos, sempre correspondendo às necessidades dos nossos clientes, procurando elevar os padrões de vida dos pacientes. A empresa vai competir por todas as oportunidades de negócios de forma enérgica, justa, ética e legal, cumprindo todas as leis e normas que controlam a concorrência e as transações comerciais do Brasil.

  5. Marketing e vendas. A empresa vai divulgar os seus produtos e serviços com precisão e atenderá a todas as exigências legais e regulamentares aplicáveis para as operações de venda e marketing desses produtos e serviços, em especial, as regras sanitárias vigentes do país. A utilização dos produtos dar-se-á somente após a aprovação dos respectivos registros junto ao Ministério da Saúde.

  6. Registro e comunicação de informações. Em reconhecimento ao fato de que informações precisas são essenciais à capacidade da empresa de cumprir as obrigações legais e regulamentares, todos os funcionários e diretores vão registrar e comunicar todas as informações de forma precisa e honesta. Nenhum funcionário ou diretor vai assinar e distribuir, nem permitir que outros assinem e distribuam, em nome da empresa, quaisquer documentos ou declarações que ele ou ela saiba, ou tenha motivos para desconfiar, que sejam falsos. 

  7. Pagamentos. A empresa e seus funcionários e diretores não farão quaisquer pagamentos inadequados a profissionais de saúde, oficiais, funcionários, clientes, indivíduos ou entidades, sejam eles governamentais ou não, tampouco solicitarão ou aceitarão quaisquer pagamentos inadequados de fornecedores, clientes ou qualquer indivíduo/entidade que queira fazer negócios com a empresa. As referidas restrições aplicam-se a todas as formas de pagamento inadequado, incluindo os pagamentos efetuados por terceiros. Essas práticas são aplicadas em todos os mercados nos quais a WM World Medical atua.

  8. Negociações justas. Todos os funcionários e diretores vão negociar de forma justa com os clientes, fornecedores, concorrentes, auditores independentes e outros funcionários da empresa, e não obterão vantagens injustas de ninguém por meio de manipulação, omissão, mau uso de informações privilegiadas, divulgação incorreta de fatos, nem qualquer outro tipo de negociação ou prática inadequada. 

  9. Informações confidenciais. Nenhum funcionário ou diretor usará ou divulgará quaisquer informações privadas ou confidenciais que ele ou ela tenha obtido em decorrência do seu vínculo empregatício ou relacionamento com a empresa para fins de ganho pessoal. Informações confidenciais e privadas incluem todas as informações que não sejam para divulgação pública e que possam ser usadas por concorrentes ou prejudiquem a empresa e os seus clientes se forem reveladas. Nenhum funcionário ou diretor vai comprar, vender ou fazer negócios com ações da empresa, utilizando as informações não-públicas da empresa. 

  10. Contribuições políticas. A empresa não fará contribuições políticas para partidos ou indivíduos, porém, incentiva os funcionários e diretores a participarem de assuntos comunitários e a exercerem suas responsabilidades como cidadãos. 

  11. Oportunidades empresariais. Os funcionários e diretores têm o dever de promover os interesses legítimos da empresa sempre que surgir uma oportunidade. Os funcionários e diretores estão proibidos de: (a) aproveitar para si quaisquer oportunidades descobertas por meios e informações de propriedade da empresa ou decorrente de vantagens do cargo ocupado, (b) utilizar meios e informações de propriedade da empresa ou vantagens do cargo ocupado para benefício pessoal, e (c) concorrer com a empresa. 

  12. Conflitos de interesse. Nenhum funcionário ou diretor se envolverá em quaisquer atividades ou terá quaisquer interesses externos que privem a empresa da sua lealdade, interfiram com o desempenho satisfatório de suas tarefas, dificultem o desempenho objetivo e eficiente das suas tarefas na empresa, ou de alguma forma sejam prejudiciais ou causem danos à empresa. Os funcionários e diretores devem informar imediatamente, por escrito, quaisquer conflitos de interesse reais ou potenciais que possam existir ao diretor executivo da empresa, a fim de que a questão seja resolvida. Um conflito de interesse ocorre quando os interesses privados de uma pessoa interferirem, ou parecerem interferir de qualquer maneira, com os interesses da empresa, bem como quando um funcionário ou diretor, ou um membro de sua família, receber benefícios pessoais inadequados em decorrência de sua posição ou cargo na empresa.

  13. "Educação Médica Continuada".  A empresa disponibilizará aos profissionais de saúde atividades que possam agregar conhecimento para que os produtos sejam implantados de forma segura e eficaz. Essas atividades realizar-se-ão em locais próprios e adequados, tais como espaços educativos, clínicas e hospitais. Caso as atividade se realizem fora da área de atuação geográfica da Empresa, a companhia poderá efetuar pagamentos razoáveis inerentes à viagem e alojamento, sempre respeitando as leis vigentes e diretrizes da indústria.

Refeições. A companhia poderá disponibilizar refeições durante a realização de um negócio. Estas refeições deverão ter valores razoáveis respeitando as Leis vigentes e regras da indústria. Estas refeições não poderão se associar a eventos recreativos ou de lazer.

  1. Proteção e uso adequado dos bens da empresa. Roubo, negligência e desperdício têm um impacto direto sobre a lucratividade da empresa. Todos os funcionários e diretores aplicarão as medidas apropriadas para proteger os bens da empresa e garantir o uso eficiente dos mesmos para fins empresariais legítimos. 

 

Cumprimento:

 

1.  Os supervisores e gerentes de cada setor são responsáveis por garantir que os seus funcionários compreendam e cumpram este Código de conduta, bem como por criar um ambiente de trabalho em que o seu cumprimento seja esperado e recompensado. 

2.  Qualquer isenção de responsabilidade relacionada às políticas e procedimentos estabelecidos neste Código de conduta envolvendo um diretor, supervisor ou gerente só poderá ser concedida pela Diretoria. 

3. Qualquer violação destas políticas e procedimentos deverá ser informada imediatamente à Diretoria ou Supervisores e Gerente responsável pelo setor, que comunicarão à Diretoria.

4.  Diretores, gerentes, supervisores e quaisquer outros funcionários apropriados deverão atestar periodicamente por escrito que compreendem e estão cumprindo a política, e que não estão cientes de violações ou que comunicaram- nas adequadamente caso tenham tomado conhecimento de sua ocorrência. 

5. A empresa irá investigar imediatamente quaisquer violações alegadas dessas políticas. A violação de uma política, a retaliação contra qualquer pessoa que a informou ou o não cumprimento das políticas de alguma outra forma não serão tolerados e resultarão em ação disciplinar, podendo incluir a rescisão do vínculo empregatício, caso seja apropriado. 

6.  Qualquer dúvida referente a este Código de conduta deve ser encaminhada à Diretoria ou à Gerência responsável pela respectiva divisão.